Buscar
  • edukamien

Mais Poemas Menos Poesia.

O DUPLO

meu poema não esta vivo

ele morreu

no exato momento

em que foi pro papel

ali ele umedeceu

de candidíase

e outras

inexato e poeirento

como se fosse a remela

de um bebê chorão

ele nunca viveu

de fato

é um natimorto

mas se quer conforto

ainda assim é muito melhor

que o seu.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

No mês do florescimento das rosas no hemisfério norte e mortes escuras flores/cimentos nos maios-chuvas muros e curvas nos tempos de guerra desmaios despojos estação cemitérios escuros das mortes